Menu

Como cultivar a Lavanda para mantê-la sempre linda e perfumada

Você já pensou em ter uma Lavanda para perfumar e embelezar seu dia? Veja como é fácil cultivá-la.

 

A lavanda tem apaixonado todos nós com seu aroma e suas propriedades relaxantes. Veja a seguir como é fácil escolher sua muda, como plantá-la e os cuidados para cultivá-la sempre linda e perfumada.

 

Como escolher minha muda de Lavanda?

 

Quais as melhores espécies? As mais bem adaptadas ao Brasil e, portanto, melhores escolhas na hora da compra são a Lavandula Canariensis e a Lavandula Dentata.

A Lavandula Angustifolia e a Lavandula Stoechas também são belíssimas opções. Todavia, são um pouco mais restritas a climas mais temperados, como o das serras e o do sul do país.

*Clique aqui se quiser saber um pouco mais sobre essas espécies.

Prefira sempre os exemplares em formato arbustivo. Opte por Lavandas em forma de “moitinha”. Galhos e ramificações em maior quantidade indicam que a muda é boa e robusta.

Escolha uma muda de lavanda que estiver bem verde. Quanto mais verde melhor, mais saudável e cheia de vida é a planta.

Folhas amarelas não são um sinal muito bom. Embora isso não seja um impeditivo, demonstra que essa muda tem menos vigor do que uma muda com folhas verdes.

Algumas folhinhas murchas no pé da planta são perfeitamente normais. Não há nada de errado nisso. É como a vida, algumas folhinhas vão e outras vem.

 

E Qual o melhor lugar para plantar minha Lavanda?

No chão ou em um canteiro, sem dúvidas. Isso porque nesses locais depois de poucos dias de adaptação ela passará a se virar praticamente sozinha.

Os principais cuidados para plantá-la no chão ou em canteiros são:

Solo:  A lavanda é muito versátil quanto a solos. Sobretudo, ela tem mais facilidade de adaptação a solos calcários, arenosos e secos.

Água: O local do plantio precisa ser bem drenado. Tome cuidado, não pode haver em hipótese alguma água empoçada.

Sol: A lavanda adora o Sol! Por isso, escolha o local mais ensolarado possível.

Adaptação: Regue-a nos primeiros 30 dias sempre que o chão estiver seco. Depois dos primeiros 30 dias de acompanhamento, ela estará totalmente adaptada e irá se virar sozinha.

 

E se eu quiser plantar meu pé de Lavanda em um vaso?

Pode, desde que ele fique em um ambiente ensolarado. A Lavanda fica linda em janelas e varandas.

Os principais cuidados para mantê-la em um vaso são:

Água: A planta deve ser molhada apenas quando o solo do vaso estiver seco. Uma dica valiosa é esperar mais um dia antes de regar a planta ao perceber que o vaso está ficando seco. E atenção: pratinho com água sob o vaso nem pensar!

Sol: Escolha um ambiente o mais ensolarado possível. Brinde-a com pelo menos 6 horas por dia sol direto nas folhas .

Cuidados frequentes: Como o ambiente do Vaso é fisicamente mais limitado do que o solo de um jardim, é preciso acompanhar a questão da água não apenas por 30 dias, mas para o resto da vida dela.

 

Como deixar minha Lavanda sempre cheirosa?

O Segredo do aroma da lavanda está na quantidade de luz que ela recebe direto em suas folhas. Quanto mais luz, sol e calor ela receber, mais óleo essencial ela irá produzir e, consequentemente, mais cheirosa e vigorosa será sua Lavanda.

Então, é fundamental deixar que ela tenha calor e luz solar. Ela ficará feliz e recompensará com beleza e aroma incomparável!

 

Resumindo…

O que a lavanda precisa:

  • Solo bem drenado
  • sol pleno em suas folhas

 

O que não faz bem para a lavanda:

  • Acúmulo de água
  • Sombra

Simples não é mesmo? Se você ficou com alguma dúvida, pode nos enviar nos comentários que teremos prazer em ajudá-lo.

 

4 Responses

    • Olá, Tere, boa tarde.

      Como vai?

      Você encontra mudas de Lavanda em Floriculturas que vendam plantas para jardins.

      Um grande Abraço.

    • Olá, Rosa Maria, boa tarde.

      Como vai?

      Você encontra mudas de Lavanda em Floriculturas que vendam plantas para jardins.

      Um grande Abraço.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *