Menu

Como é extraído o Óleo Essencial de Lavanda?

Conheça o processo herdado dos alquimistas que nos possibilita extrair da Lavanda a sua alma em forma líquida

Se você está lendo este texto, no mínimo já ouviu falar do Óleo Essencial de Lavanda e de seus diversos benefícios para nossas vidas. Entretanto, você já parou para pensar como ele é produzido?

Desenvolvemos este texto para responder a esta e outras perguntas frequentes no dia a dia do Le Jardin Parque de Lavanda. Começando pela mais rotineira…

 

O que é o Óleo Essencial de Lavanda?

É o óleo natural produzido por cada planta de Lavanda a partir da captação da energia do sol, que transforma as substâncias minerais  absorvidas do solo e açúcares resultantes da fotossíntese  em um óleo riquíssimo em essências aromáticas e terapêuticas.

 

Mas como ele é extraído?

Ele está armazenado em todas as partes da planta desde as flores e folhas até os talos e raízes. Entretanto, em baixíssima concentração, tanto que para extraí-lo é necessária a utilização de um processo físico chamado Destilação.

O farmacologista francês Gyronimus Breunschwig, já no século XVI definia a destilação como:

“Uma arte na qual é separado o sutil do grosseiro, o físico do espiritual”.

Jorgito Simão, fundador do Le Jardin Parque de Lavanda, corrobora a opinião do francês definindo como:

“Um processo da mais fina alquimia, um verdadeiro presente de nossos antepassados, que nos possibilita extrair da Lavanda sua alma em forma de óleo essencial”.

Como é realizado o processo de destilação do Óleo essencial de Lavanda?

Ele é composta de 3 passos. O Museu Francês da Lavanda produziu uma animação para demonstrar como funciona o processo. Confira.

 

 

1º Passo –  Formação de Vapor d’água e extração do óleo

O Fogo aquece a água, transformando-a em vapor d’água, que sobe pelo reservatório em que está a Lavanda. Ao passar pelas plantas, o vapor faz com que elas liberem seus óleos essenciais. Esses óleos seguem misturados com o vapor até o tubo de condensação.

 

2º Passo – Condensação

O vapor atravessa o condensador dentro de uma serpentina. Entre a serpentina e a parede do condensador, há água gelada, que tem como função resfriar o vapor. Neste momento, o vapor é resfriado, se tornando um líquido que mistura água e óleo essencial.  

 

3º Passo – Captação do óleo

No terceiro recipiente, pela diferença de densidade dos líquidos, o óleo é separado da água. Assim, ao final do processo, a água é liberada e  a pura alma da Lavanda é capturada, em forma óleo essencial.

 

A preciosidade do produto final

Para se ter uma ideia, na maioria das espécies, são necessárias mais de 300 quilos de planta para se extrair 1 litro de óleo essencial. Apesar disso, atualmente é óleo essencial mais consumido no mundo.

O óleo essencial, como o próprio nome anuncia, é um extrato da essência.  Apenas lembrando, a essência é o que há de mais verdadeiro.  Assim, a analogia é perfeita:  óleo essencial é exatamente a expressão líquida do que a lavanda tem a oferecer de mais verdadeiro.

Especialistas brincam com esse paradoxo, dizendo que se todos soubessem o quão maravilhosos são os benefícios da Lavanda, não teríamos espaço no mundo para plantar tanta Lavanda.  A demanda seria enorme!

Não somos tão radicais, mas aconselhamos que você acesse o quanto antes nossa loja virtual lavandas.com.br/loja/ e garanta o seu.  Receba ele no conforto do seu lar. Você também encontra por lá cosméticos e produtos para a casa produzidos a partir do óleo essencial de Lavanda. Eles trazem consigo todas as propriedades dessa maravilhosa planta. Não deixe de conferir!

 

Quer receber Dicas especiais sobre Lavanda, Jardinagem e aromas? Assine nossa Newsletter!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *