Menu

O que as plantas têm a nos ensinar…

Lições extraídas de uma vida de paixão pela natureza – Por Jorgito Simão

Outro dia escrevi aqui neste mesmo blog um post contando como surgiu a inspiração para criar o Le Jardin Parque de Lavanda. Desde criança, sempre fui um apaixonado por plantas e jardins. Após ter trabalhado como advogado e industriário;  somente por volta dos 45 anos foi que ouvi  minha alma e abracei minha vocação verdadeira…a jardinagem.

Encontrei nela, senão minha maior, a mais duradoura paixão da minha vida, a fonte para criação do meu maior legado, o Le Jardin Parque de Lavanda. Todavia, o trabalho com plantas não desenvolve apenas jardins, ele traz muitos ensinamentos que, quando aplicados, nos tornam melhores e mais sábios.

A seguir, apresento alguns dos ensinamentos que as plantas me trouxeram e que gostaria de compartilhar com vocês.

 

“Tudo pode ser trabalhado”

Logo que cheguei ao local onde hoje está o Le Jardin Parque de Lavanda, tudo que lá existia era a terra, pedras e algumas plantas nativas. Logo pensei: “A exceção do horizonte, tudo o que vejo aqui pode ser trabalhado, basta arregaçar as mangas”.  

A terra foi lavrada;  as pedras transformaram-se em taipas e muros;  a vegetação original deu espaço a canteiros lindos e coloridos. A fauna que era formada de insetos nocivos, cobras e aranhas foi sendo gradualmente substituída por muitos pássaros, borboletas e animais bem mais amistosa(esquilos, veados, aves do campo, etc.).

A mudança se deu em áreas onde eu nem tinha imaginado que poderiam ocorrer. Este princípio se aplica completamente ao ser humano. Tudo o que somos por natureza pode ser melhorado.  

Dá trabalho amadurecer, mas pode e é desejável que seja feito.  Basta “arregaçar as mangas”!  Os resultado, de igual modo, se projeta além daquilo que foi objeto de sua atenção.  Você recebe muito mais do que imaginou.

 

“A planta precisa de cuidados para florir”

As plantas florescem espontaneamente pois é de sua natureza florescer. Todavia, uma planta cuidada, podada a seu tempo, adubada com regularidade e regada quando necessário, floresce duas a três vezes mais intensamente. Sua beleza é incomparavelmente superior àquela outra que foi deixada ao natural.  

Acredito completamente que as relações humanas, as iniciativas da nossa vida seguem esta verdade: “Se você é atencioso para com todas as pessoas, coisas e fatos, sua vida será exuberantemente superior a qualquer outra forma de viver”.  Para mim essa é uma das aulas mais apaixonantes que aprendi com as plantas.

 

“Alguns frutos demoram mais do que outros para amadurecer!”

Acredito que uma das maiores características do mundo atual é que estamos cada vez mais ansiosos e sem paciência para colher os frutos. Vivemos o tempo do “leite em pó instantâneo”. Se apenas acrescentando água não fica pronto, então já é trabalho demais.

Certa vez, conversando com alguém cheio de sabedoria, lamentei a grande perda de tempo. Poderia ter iniciado este caminho da jardinagem ainda jovem, mas acabei dando muitas voltas. A resposta que ouvi deste sábio amigo, que por ironia do destino chamou-se José Roberto Paixão, foi a seguinte: “Jorgito, você deveria saber, até por força de seu trabalho, que alguns frutos demoram muito para amadurecer!”.

Quando a noite é mais escura, está próxima a alvorada.  Seja paciente consigo mesmo.  Talvez você seja  um fruto tardio.  Mas lembre-se, se você desistir nunca irá saber.  Perseverança!

 

“Aprecie a flor enquanto ela está florida”

Assim como as flores, a vida também é fugaz! Algumas florescem somente uma vez por ano, outras  apenas uma vez em toda a vida. Por isso, viva intensamente, ame, desfrute a beleza de cada cor, de cada aroma, de cada sensação, sem medo de ser feliz!  O seu momento pode ser único e jamais voltar a se repetir.  Absorva-o com calma e gratidão!

 

“Trabalho em equipe é como compor um jardim…”

Talvez a melhor analogia para uma equipe seja a composição de um jardim. Em ambos, todas as partes são importantes. Cada uma com seu papel, todos interdependentes. Assim, sem qualidades complementares e harmonia em todo o conjunto você não constrói uma boa equipe e tampouco um bom jardim.

Não existe planta feia, apenas planta fora do lugar. Cada pessoa é importante se estiver no lugar certo. Encontrar o seu lugar pode tomar muito tempo. Busque-o até encontrá-lo.  

Ainda que isto tome quase todo o tempo de sua existência;  encontrar seu lugar dá uma sensação indescritível de missão cumprida. Aposte suas fichas nesta direção e você sairá vencedor deste jogo.

 

Sem dúvidas, a natureza é a nossa maior fonte de aprendizado. Espero ter colaborado pelo menos um pouco com as  lições que tirei dessa caminhada.

Se você também teve em sua trajetória alguma lições aprendidas com a natureza, não deixe de compartilhar conosco. Por favor, deixe nos comentários,vamos adorar!

 

Quer receber Dicas especiais sobre Lavanda, Jardinagem e aromas? Assine nossa Newsletter!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *