Menu

Por que a Lavanda nos traz sensação de relaxamento e bem estar?

Entenda o que acontece em nosso corpo quando inalamos o maravilhoso aroma da lavanda.

As Lavandas pertencem à família Lamiaceae, que contém cerca de 6.970 espécies. Essas plantas originárias das regiões mediterrâneas, além de encantar com sua beleza e agradável aroma, possuem incríveis propriedades aromáticas e terapêuticas.

Não há quem não se sinta relaxado e calmo ao inalar  Lavanda. Fizemos este post justamente para explicar como é que ela nos causa essa prazerosa sensação quase que instantaneamente.

O Óleo essencial, a alma da Lavanda

Antes de mais nada vale investigar melhor o significado das palavras que usamos, no mais das vezes, sem prestar atenção nas idéias que elas sugerem.  Vejam só: a essência de um homem é a sua alma, assim também a essência da Lavanda é sua porção mais central.  Sua identidade com suas características próprias.  Por analogia, óleo essencial de Lavanda poderia ser traduzido como a alma desta planta feita em óleo.

É interessantíssimo o processo de produção dos óleos feitos no organismo da própria planta. Primeiro ela capta a radiação solar como se fora uma antena parabólica.  Depois, valendo-se de pigmentos sensíveis à luz, ela literalmente fabrica os óleos e neles deposita a energia do sol impregnada de substâncias típicas de sua espécie.  

O óleo de uma planta é sempre diferente do de outra planta.  O óleo contém por assim dizer a impressão digital da planta que o fabrica.  Por isso mesmo é único e não pode ser reproduzido em laboratório.

Óleos essenciais são muito mais do que fontes de aromas; eles trazem matrizes energéticas únicas.  São como líquidos “vivos”.  Por serem assim, “vivos”, quando ingeridos ou inalados produzem reações peculiares no corpo e nas emoções de quem os usa.  Mas voltemos ao assunto…

Você que conhece Lavanda, já ouviu falar de Linalol?

O Óleo Essencial de Lavanda é constituído de uma mistura complexa de substâncias químicas, na qual estão presentes os seus chamados princípios ativos.  Eles são os responsáveis pelas reações de calma e relaxamento.

Na lavanda, destacam-se o Linalol e seus Ésteres.  Além de ser o componente químico majoritário no óleo essencial da lavanda, o Linalol é considerado uma das substâncias mais importantes na indústria farmacêutica e de cosméticos, pois possui propriedades calmantes, analgésicas, anti-inflamatórias e ansiolíticas.  

Fora essa, estão presentes também outros compostos como o Cineol e a Cânfora, ambos com poderosos atributos aromáticos. O Cineol, por exemplo, quando inalado promove o relaxamento no nosso organismo, aliviando o estresse e mantendo o equilíbrio emocional. O Cineol possui ainda propriedades descongestionantes e anti-inflamatórias, sendo utilizado comumente na produção de medicamentos, cosméticos e perfumes.

Como ocorre a sensação

Quando o aroma da Lavanda é percebido, em segundos o sistema olfativo transforma os componentes químicos inalados em impulsos neurológicos. Esses impulsos, que não passam de sinais elétricos com endereço certo,  chegam às áreas de destino do cérebro, influenciando a região onde nascem as emoções. Assim, os princípios ativos da Lavanda ali produzem as agradáveis sensações de relaxamento e bem-estar.  É oportuno acrescentar que essas sensações são produzidas sem criar qualquer dependência química.  Inteiramente naturais e saudáveis.

O efeito depende de algumas variáveis

É importante salientar que essas propriedades variam conforme a espécie, a procedência e o tipo de solo onde são cultivadas. Isso acontece porque essas variáveis determinam diferentes proporções e quantidades dos princípios ativos em seus óleos essenciais e, consequentemente, seus efeitos relaxantes e calmantes.

Ainda, é preciso entender que diferentes organismos possuem diferentes reações aos princípios ativos da Lavanda. Logo, há pessoas mais e menos sensíveis aos seus efeitos. Mas, sem sombra de dúvida, não há quem não se apaixone por seu aroma e toda a mística desta planta magnífica! 🙂

Então, gostou da explicação? Fique por dentro do apaixonante mundo da Lavanda, dos aromas e da jardinagem, inscrevendo-se gratuitamente no Clube da Lavanda:

*Texto produzido com a cooperação da Engenheira Química Martha Fogliato Lima Richter

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *